Pregar

A tentação não é apenas uma coisa ilhada na consciência do homem, mas também age na pressão social, pois é dito que os justos hão de passar fome. E pressão não apenas age na amoralidade do capitalismo, mas em alguns países age na imoralidade do estatismo, pois há um incentivo econômico maior em alguns lugares em danificar o próximo e a própria costura social ao ser melhor escolher ser carga em vez de motor. O Estado socialista fornece um paraíso para o egoísta e um inferno para o altruísta.

O homem um dia não confiará na virtude, e os homens que trabalham nessa questão não encontrarão um que lhe dê valor. E assim se tornarão indivíduos cada vez mais solitários no seu amor à Deus. E a pobreza acompanha o solitário, somente os cães fazem escolta para os mendigos.

Se Deus fosse obedecido, sim, você teria sua casa, sim, você teria seu carro e bens materiais, mas como condenar Deus quando o homem é o culpado pelo sua própria degola? Como culpar Deus por não ter convertido os olhos de uma bela jovem ou de um rico? Como condenar Deus pelo orgulho do homem de seguir seus próprios caminhos?

Culpemo-nos a nós mesmos, por não pregar o evangelho tanto quanto possa para que ao justo seja permitido alcançar as boas coisas que Deus criou.

Favor

Ao cristão que passa necessidade logo percebe que o perdão de Deus vale mais que todos os bens e frutos da terra. Sem os bens e frutos da terra os santos chegaram à Deus, mas tão e só somente porque tinham sido perdoados: Duro é aproximar-se do justo tribunal sem esse favor.

Modesta

Ser abençoado por Deus ainda é melhor que ser abençoado pelos homens, mesmo que a benção seja dez vezes mais modesta. De que vale ganhar o mundo e diante do juízo, perder a alma?

O pouco ganho com justiça é mais valioso que o muito com injustiça. Nós reconhecemos o roubo porque o dono de todas as coisas é Deus e tomar do próximo é desconfiar de sua habilidade de emprestar suas posses (é daí que nasce também a responsabilidade dos prósperos pela administração). Quem rouba o rouba de Deus, e não há melhor definição para marxista que assaltante economista.

O justo aparenta ser mais Deus que homem mesmo que sofra suas tentações, pois é imitador de Cristo. Portanto atrai tão somente a quem busca a luz e a verdade, e é rejeitado pelos homens de trevas a quem combate, pese-lhe que sejam a maioria. Quem ama a Deus amará o justo como sua imagem, e o justo o amará. Idem Velle, Idem Nolle.

Vácuo

Se conservadorismo, como pregam intelectuais de direita como Pondé, Avena e Roger Scruton, é uma vacuidade moral, e “sendo um termo usado para descrever a transformação gradual, e não abrupta, como defendem os revolucionários e ancaps.” (sic) só sobra concluir que gramscismo, ou a revolução lenta do Brasil, é a pura expressão do conservadorismo.

Alto Nível

Discussões de alto nível acontecem no mundo sobre diatribes entre protestantes e católicos, lugar onde os protestantes tem disputado em nível de igualdade com intelectuais católicos. Contudo no Brasil a discussão é paródica entre pastores chorões e padres de voz fina, o que pesa contra os católicos pois não fosse a preguiça intelectual, católicos teriam mais meios de chegar a uma visão melhor da teologia protestante do que protestantes do catolicismo. Os evangélicos cuja maioria acredita que pornstars podem ser pastoras no dia seguinte à conversão não possuem treino o suficiente para analisar idéias complexas.

Sobra as caricaturas de quem fica acreditando que a sola scriptura é um argumento circular enquanto  usam do livre exame para confirmar suas doutrinas. Se isso é todo o poder de inteligência de quem se assenta à cabeça de santos milenares, conta-se muito a desfavor.

Os entendimentos da teologia protestante já tem idade de concílios católicos importantes, tratados com todo o respeito que os católicos possuem pelas tradições. Unidade por unidade, a igreja ortodoxa manteve a sua por iguais milênios sem a necessidade de uma autoridade central.

O protestantismo tem rusgas internas, mas observável que sempre em favor de maior ortodoxia – quase um culto moralista protestante. É também observável que o protestantismo ajudou o catolicismo com a popularização da bíblia: Hoje se todo católico conta com uma bíblia em casa é em parte pelos esforços da reforma.

Se não dá para se esforçar honestamente nesse conflito é bom deixar a apologética para os profissionais e manter um cristianismo puro e simples.