Assunto

Não é um fenômeno brasileiro, mas tipicamente cursos como Filosofia, Teologia, Artes dentre outros são tidos como segunda classe, o top seria Engenharia, Direito (um curso hoje em dia muito mais político que científico), ou qualquer outro que permita passar em um concurso público cheio de benesses.

Isso se deve ao pragmatismo moderno, de fato deveria ser o contrário, pois as pessoas buscam toda a satisfação material na vida e quando se chega lá, o que ela fará?  Um engenheiro e um arquiteto podem construir a mais bela casa que as pessoas terão de ter um assunto para conversar nela no tempo livre que cultivaram a vida toda.

O ser humano não é um ser que se satisfaz se suas necessidades básicas são atendidas, é um ser que tem fome e sede de algo maior.