Ignorância Maligna

Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem – Lucas 23, 34.

Por que haveria Jesus de pedir perdão pela ignorância dos seus assassinos se essa ignorância não fosse culposa?

Como protestante tenho de lidar com as mentiras inventadas por protestantes que perduram até hoje, isso mostra que não estou disposto a me esquivar da verdade e reconheço que elas não possuem defesa só restando elevar pontos positivos do protestantismo. Me entristece muito que criamos os mitos da inquisição espanhola e hoje soube que também inventamos o mito da Terra Plana. Se pudéssemos ter um Papa que pedisse perdão por nós haveria vários bons motivos, mas o melhor que posso fazer é desmentir e cortar na própria carne se necessário, afinal ainda há muitos sites protestantes que me dão vergonha.

Seria bom se fosse apenas a mim, mas você vê até os melhores céticos se esquivando de toda forma de aceitar a verdade. Não vêem que nenhum ateu foi morto pela Inquisição mas religiosos foram duramente perseguidos em suas ditaduras, e mesmo assim espalham o contrário: que a inquisição matou ateus e os ateus, coitados, nunca mataram ninguém por ateísmo. Tampouco percebem que as grandes contribuições científicas foram majoritariamente feita por religiosos, mas continuam a dizer que são os baluardes da ciência e que ciência e fé são incompatíveis.

Isso em verdade mostra o quão abertos estão em aceitar mentiras e viver de slogans, e o quanto sua falta de fé se baseia em se sentir em um grupo especial, o efeito é similar a qualquer grupo de auto-ajuda. Isso acaba enfraquecendo muito a credibilidade do ateísmo, é por uma grande ironia que ateus adotam toda uma mitologia anti-religiosa e pró-ateísta para assim acusar os religiosos de acreditar em mitos. A esquerda brasileira não faz diferente, tiram a Direita das livrarias e das universidades, calando assim qualquer oposição. São incapazes de aceitar que o ateísmo seja verdadeiro sem levar de bônus a superioridade moral reservada somente aos santos, assim mostram que desejam mais a segunda que a primeira.

É por isso que há aqueles cujo pecado não se vence por argumentos pois é muito mais profundo que isso, ele está no medo da verdade e em muito, certa imaturidade com a incapacidade de lidar com dificuldades intelectuais que sua postura exige, é um grande medo de não estar apto a enfrentar o desafio intelectual que a verdade impõe à coletividade, medo da mera possibilidade de estar errado e ter de mudar, perdendo amigos e prestígio. E agindo assim, já é dito que os covardes não herdarão o reino dos céus ( Apocalipse 21:8).