Generalizando

Quem criou o “toda generalização é burra” devia ser chamado de Kant brasileiro e estar entre os nossos Machados de Assis e Nabucos, porque “toda generalização” é uma generalização e portanto, o sujeito que profere a fase está chamando a si mesmo de burro enquanto o faz com o maior ar de sabedoria e elevada autoridade moral, ver doutores, mestrandos, bacharéis proferindo isso vale um risinho acidental. Não é por menos que até no STF ainda se cita uma frase falsamente atribuída à Voltaire, a ignorância é suprema.

Isso é produto nacional, patrimônio cultural brasileiro, que coloquem o “toda generalização é burra” na bandeira nacional no lugar do ordem e progresso! E o anônimo autor seja o maior ironista nacional das últimas décadas.