Denuncia

Qualquer um que adentre conversas sobre escravidão e Igreja Católica pode notar a reclamação de laicistas quanto à Igreja não ter exercido o poder que imaginam que ela possuía: a Igreja, laica e respeitadora dos limites entre governo temporal e eterno, deu respeito à maus governantes servindo apenas de admoestadora, para que depois, o moderno laicista, aquele que exige a separação da religião do poder, denuncia o mal histórico do laicismo e reclama: porque não foste teocrática?