Diversidade

A manutenção da espécie pode ser um valor, mas a heterossexualidade possui outro também importante: o amor ao diferente, a mulher é naturalmente curiosa ao homem e vice-versa, assim sempre um surpreenderá ao outro enriquecendo a experiência da vida por observarem os fatos com visões sensivelmente diferentes.

A ironia atual é que o homossexual, quem ama a si mesmo no outro é quem está contra a diversidade de sexo. Este é incapaz de maravilhar-se com a beleza de um corpo diverso do seu e tem de criar personalidades artificiais. Seu conflito interior com a realidade o torna o sujeito perfeito a ser usado contra a mesma pelos misantropos humanistas do esquerdismo.