Exclusivo

O lucro brasil é popular por 2 preconceitos brasileiros: ódio ao lucro e inveja ao rico. Se até relógios caros não o são “porque sim”, carros também sofrem pela livre concorrência no Brasil, se o empresário subir arbitrariamente o preço de um veículo, e seu concorrente perceber isso, irá se aproveitar e baixar o preço do seu. Preços altos e injustos são uma desvantagem competitiva, o sistema de trocas dita ao empresário que o dinheiro vale mais que o carro velho na garagem. Imaginar que os ricos que podem pagar os preços brasileiros assim o fazem para sustentar um mercado de luxo exclusivo contra os pobres é próprio do imaginário do populacho que não vêem que se paga preço exorbitante até na mortadela, não só no carro.

Há diversos fatores como a produção não suportar a demanda, a tributação indireta pela inflação, direitos trabalhistas, e impostos sobre peças industriais, ou seja, o custo de produzir no Brasil é alto, e as empresas são corajosas em vir para cá (a Apple por exemplo, correu), o Brasil precisa de empresas mais covardes, e ricos traidores, que protestem fugindo do Brasil em vez de pagar a conta da opressão. O Lucro Brasil é um fruto tipicamente brasileiro e esquerdista, ao invés de reduzir a opressão econômica e tributária, se cria motivos para culpar as empresas afim de regulá-las e tomar mais dinheiro do setor, seja por fixação de preços ou um “cap” no lucro.