Noção

O árabe erra o alvo quando coloca seu instinto de auto-preservação e sua pátria acima do bem, falta-lhe a noção que nações são falíveis, como a antiga alemã e a atual brasileira que estiveram ou estão abraçadas com o mal junto com os patriotas de seu tempo. A ausência de críticas quanto às suas nações de origem onde passam férias por um lado ao mesmo tempo em que vocifera críticas às nações ocidentais onde vive do outro os transforma em agentes úteis de terroristas atrás das linhas inimigas, reclamar discriminação enquanto faz de conta que as tiranias irmãs são vítimas usando artifícios midiáticos da esquerda é meramente uma consequência de uma escolha não razoável.

Nações ocidentais não são perfeitas, mas a auto-crítica, quando usada para salvar o mal, é tão maligna quanto aquela que levou Judas ao suicídio.