Esse é o evangelho

O cristianismo destruiu a inveja quando deu a bem-aventurança aos pobres. É bem conhecido que a cada milionário cristão, há centenas de milionários não cristãos, a riqueza do adversário é portanto, muito maior que ao do conjunto somado da Igreja, e o pobre cristão invejar o rico cristão não é sábio, pois comparado aos de sua espécie, o rico cristão é pequeno.

Mas ao que acumula riqueza na terra tem as mesmas condições de acumular riqueza nos céus que os pobres. E com isso, há pobres que são ricos, e ricos que são pobres, pois quando um encontra o túmulo, perderá tudo, pois as riquezas terrestres perecem, e quando o outro abraçar seu destino, ganhará o que plantou pela eternidade.

Não se engane pela aparência, há pobre muito mais rico que os milionários dessa terra, esse é o evangelho.