Formalismo

Formalismo também pode ser servo do extremismo e ocorre quando vagabundos usam de um papel de uma árvore anônima como autoridade sobre todo um povo que os rejeita. É absurdo o radicalismo de, cortando a cabeça de todos os corruptos da nação, mantenham-se de pé sua projeção sobre o Brasil, mantendo investiduras e imposturas por culpa que, uma vez, foram aprovadas por outros corruptos na forma de leis. O Brasil precisa de uma ruptura de pelo menos 40 anos de trevas: o povo precisa de outra estrada para caminhar, não pés novos.